VAAFT COM AVANÇO DE RETALHO MUCOSO PARA A CURA DA FÍSTULA ANAL

especialização em Coloproctologia

Na cirurgia da fístula anorretal, a busca de um procedimento minimamente invasivo levou à proposta do tratamento cirúrgico vídeo-assistido da fístula anal (VAAFT).

Na medida em que o sucesso do tratamento cirúrgico da fístula anorretal depende primordialmente do achado do orifício de abertura interno da fístula localizado ao nível da cripta doente, o procedimento VAAFT tem como principal característica o uso de um fistuloscópio buscando a localização correta do orifício interno bem como o estudo do trajeto fistuloso à procura de coleções ou trajetos acessórios. 
Os benefícios da técnica são não lesar o esfíncter anal e produzir uma ferida operatória de tamanho reduzido.

Por fim, ressaltamos a necessidade de que seja escolhida uma boa estratégia para o tratamento do orifício interno, princípio do tratamento cirúrgico da maior importância na cura da fístula anorretal. No presente vídeo, a técnica de avanço de retalho mucoso foi empregada.

(Operação realizada no Hospital Municipal Moysés Deutsch – SP – como parte do conteúdo didático do Curso de Pós-Graduação em Coloproctologia do Hospital Albert Einstein – SP)