VIDEOCIRURGIA DOS TUMORES RETRORRETAIS

Drs. Sergio Araujo e Victor Seid

Tumores retrorretais são raros e de origem embriológica variada.

Podem ser benignos ou malignos.

A biópsia é geralmente dispensada devido à sua fácil caracterização preparatória no caso de serem benignos e também pelo fato de, quando malignos, haver o risco de disseminação local da doença ao se empregar a biópsia.

Schwanomma benigno - Fong e cols. Colorectal Dis 2014

Schwanomma benigno – Fong e cols. Colorectal Dis 2014

O tratamento é cirúrgico e envolve a sua remoção completa.

A via de acesso por vídeo é bastante atraente pois permite uma visualização aperfeiçoada da cavidade pélvica e das relações do tumor primário com os órgãos vizinhos. A incisão da parede abdominal é realizada somente no momento de remoção do tumor.

Fong e cols. (2014) da Unidade de Cirurgia Colorretal John Goligher do Hospital St. James (Leeds, Reino Unido) publicaram recentemente ótimos resultados relativos a 10 pacientes com tumores retrorretais operados por videolaparoscopia.

A via de acesso por vídeo mostrou-se uma forma eficiente e segura para a cirurgia de tumores retrorretais com menos de 20 cm e situados na topografia de S3-S4

Laparoscopic excision of retrorectal tumors.

Fong e cols. Colorectal Dis 2014