Informações sobre o câncer do intestino disponível na Internet são em sua maioria incompletas

Drs. Sergio Araujo e Victor Seid

 91 websites foram pesquisados e

apenas 27% definiam claramente a origem das informações apresentadas

 

colorretal1Um estudo realizado conjuntamente por pesquisadores das Universidades Northwestern (EUA) e Toronto (Canadá) trouxe resultados surpreendentes sobre a qualidade da informação em saúde sobre câncer do intestino disponível para pacientes na Internet.

Empregando um instrumento especificamente desenhado para avaliar a informação em saúde disponível para internautas em pesquisa de um problema de saúde específico, os pesquisadores observaram achados importantes.

Dois pesquisadores independentes acessaram 37 sites contendo informações sobre o tratamento cirúrgico do câncer do intestino de forma independente e observaram que:

Somente 27% dos sites referenciavam adequadamente a origem dos dados

  • somente 27% forneciam informações claras a respeito dos procedimentos cirúrgicos
  • somente 21,6% discutiam adequadamente riscos e benefícios das operações
  • somente 10,8% abordavam questões de qualidade de vida

A qualidade das informações sobre a cirurgia do câncer do intestino regularmente disponível na Internet para pacientes nos EUA e no Canadá é de qualidade variável.

Os autores interpretaram que essas informações não são úteis para os pacientes no sentido de informa-los adequadamente sobre as condutas para a cirurgia do câncer do intestino grosso e destacam um possível papel para as Sociedades de Especialidade aumentarem sua participação na pauta.

Ícone de referência para blog

 

Systematic review of internet patient information on colorectal cancer surgery. Wasserman e cols. Dis Colon Rectum 2014; 57: 64-9.