Evolução da Obstrução do Cólon por Câncer em Idosos

Captura de Tela 2014-04-20 às 20.12.50

 

Quando se trata de câncer do intestino em idosos, a obstrução é a complicação mais comum. E está associada a morbidade e mortalidade elevadas.

Com o objetivo de conhecer as variáveis mais frequentemente associadas a um desfecho adverso em pacientes idosos com câncer do cólon, Guo e cols. [BMC Gastroenterol. 2014 Apr 15;14(1):76.] analisaram 233 pacientes idosos tratados por obstrução do cólon por tumor entre 2000 e 2012.

A média de idade para o grupo foi de 78 anos (70-95). 34,3% dos casos eram obstruções do cólon direito. Complicações ocorreram em mais de 60% dos casos. A mortalidade em 30 dias foi de 24,5%, muito elevada.

As variáveis mais fortemente correlacionadas a desfecho clínico adverso foram a classificação de risco anestésico (ASA) alta, a existência de peritonite e o estadiamento.

Os procedimentos médicos em pacientes idosos com obstrução colônica maligna estão associados a complicações e mortalidade significativas . Identificar pacientes de alto risco e tratar prontamente pode melhorar os resultados. O emprego do stent oferece uma alternativa útil para a intervenção cirúrgica e deve sempre ser considerado na ausência de perfuração.